segunda-feira, 28 de novembro de 2011

ORANDO CONTRA A VIOLÊNCIA INFANTIL



   Já se foi o tempo em que podíamos deixar nossas crianças soltas pela rua brincando o dia inteiro até escurecer, e por pouco eu confesso que quase não peguei esse tempo, mas peguei....


Porque hoje em dia a violência infantil parece que está na moda e não são poucos os casos de abuso infantil. É considerado maltrato infanto-juvenil doméstico aquele que acontece dentro de casa, tendo como vítimas crianças e adolescentes e é geralmente cometido pelo responsável que deveria cuidá-los. Inclui basicamente quatro tipos de situações: o dano físico, o dano psíquico ou emocional, a negligência e/ou o abandono e o abuso sexual. Cada uma tem formas específicas de manifestação, mas o que é comum a todas elas são os transtornos graves e crônicos no funcionamento familiar, que se transmitem de uma geração para a outra: 20 a 30% das crianças maltratadas convertem-se em adultos violentos. Até a alguns anos atrás, pensava-se que o maltrato infantil era conseqüência de transtornos psicológicos individuais, alcoolismo, toxicomania, ou de carências financeiras ou educativas. As investigações atuais demonstram que, na realidade, é o produto de uma conjunção de fatores relacionados ao modelo familiar e social que valida a violência como procedimento aceitável para a solução de conflitos. Pode adotar distintas formas, algumas mais fáceis de serem detectadas do que outras, mas todas denunciam um latente problema de saúde, que demanda abordagens multidisciplinares e soluções oportunas para cortar o ciclo da dor e resgatar a vítima de seqüelas importantíssimas, que a condicionará ao longo de sua vida. Tenho certeza de que se Jesus andasse pela terra hoje esta seria uma das muitas causas que ele iria abraçar, uma vez que Ele próprio disse que das tais é o Reino dos céus. A proposta de hoje no blog é que todos possamos tirar um tempo para orar por estes pequeninos ( não só pelos nossos filhos ) e que eles possam receber a Cristo como Senhor e Salvador e serem usados por Deus para saquear o inferno. Mas para isto eles precisam se manter vivos, e no mundo em que vivemos esta tem sido uma tarefa difícil para aquele que não tem a quem recorrer e sofrem todo tipo de violência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escreva o que achou deste artigo

Postar um comentário